06 maio 2014

Quando eu te perdi...


Talvez se você tivesse me contado e me explicado tudo que estava acontecendo eu teria entendido e te deixado em paz. Sofreria sim, mas seria muito mais fácil de compreender e de aceitar toda essa situação.
Sempre soube que essa historia não iria ter futuro. Porém sempre alimentava dentro de mim uma esperança de que em um futuro talvez distante essa historia confusa e cheia de desencontros pudesse da certo. Ficava imaginando que talvez pudesse um dia ser eu a garota que iria te fazer feliz e que iria te mostrar um lado da vida que somente os apaixonados têm a oportunidade de conhecer.
Fico procurando uma explicação para tantos desencontros e apesar de não acreditar em destino, às vezes é ele a única explicação plausível para tudo isso. O destino, ele nos separou todas as vezes que a nossa historia parecia da certo, ele nos separou todas as vezes que meu coração se enchia de alegria só de imaginar você ao meu lado, de imaginar seus abraços, seus beijos, seu carinho.
Eu te perdi isso é um fato, apesar de meu coração não querer aceitar essa perda é tão real, que até hoje me deixa extremamente triste e  me faz pensar o quanto eu desperdicei inúmeras chances de te dizer o que eu sentia por você, de dizer que meu coração acelerava todas as vezes que eu olhava seu nome na lista de amigos online, que conversar com você era a maior alegria do meu dia. Você era alguém bem próximo e ao mesmo tempo bem distante, era um ser que me fazia ver a vida de forma diferente, que consegui ter um sorriso meu no final do dia mesmo quando aquele dia não tinha sida nada agradável para mim.
Hoje coloco minha cabeça no travesseiro e penso o quanto fui ingênua em não ter percebido antes, o quanto você era especial para mim, me culpo por não ter dado o valor que você merecia. Você era o meu primeiro pensamento pela manhã e meu ultimo pensamento antes de dormir, hoje tenho que colocar outros pensamentos na minha cabeça para que eu consiga esquecer de você logo.
O meu único conforto é saber, ou melhor, deduzir que você está sendo feliz e que assim será. Apesar de não manter nenhum contato com você, mas mesmo sem você imaginar continuo a acompanhar suas vitorias de longe, continuo aqui torcendo por sua felicidade. Você sempre fará parte da minha historia e quem sabe um dia as nossas vidas se encontrem novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Luciana Algarves-Blog - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Luciana Algarves.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo