09 agosto 2013

Meus pensamentos de 05/08/13





    E eis que avisto, de semblante fechado e acusador. Vem ao longe, a luz da lua minguante de 29 de dezembro do ano de 16... Não. É melhor não. Esquecei, pois, essa parte.
    E carregando algo deveras pesado nas suas mãos, se configurava o andarilho como um ser cansado, humilhado, castigado, superado e ultrapassado. Continuava vindo, devagarzinho, a passos curtos e contados, pela sombra, para ninguém acordar. Errante como só ele. Metódico, calculista, persistente e em muitas vezes só, sem um fim existencial...
    Se aproximando, cada vez mais, como o sussurrar de uma alma condenada, chega, balbucia e pára. Então estreme e cai. Sou eu? ... Não. Era, como sempre, um rascunho. Um rascunho do meu passado... Estórias e mais estórias...

AUTOR: BRENDON LINCON

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Luciana Algarves-Blog - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Luciana Algarves.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo