19 junho 2013

Se saudade matasse...





Se saudade matasse, acho que já teria morrido há muito tempo. Pois comecei a perceber que tudo na minha vida, sempre se torna saudade, por mais que seja uma rotina por muitos anos.
A saudade é o sentimento que mais me maltrata, mas ao mesmo tempo é algo que me traz uma sensação boa de que a tudo que sinto falta hoje já me fez muito feliz no passado e que possui toda a capacidade de me fazer feliz no futuro.
 Sou conhecedora de que tudo que aconteceu no passado não poderá se repetir de forma igual e me fazer feliz tão qual. Porém esses fatos poderão acontecer novamente de uma muito melhor e que me deixará muito feliz.
Sinto saudade de coisas, de fatos, mais principalmente de pessoas que, possuem um lugar especial no meu coração. Porém por causa da distância que nos separa não expressar o amor que sinto por elas de forma tão significativa.
Sentir saudade foi algo que já se tornou parte da minha rotina, ao ponto que fez com que eu acabasse me acostumando com ela. Entretanto nunca vou poder dizer que já aprendi a lidar com a saudade, pois cada pessoa e cada acontecimento são expressos de forma diferente, assim como a intensidade e a forma de saudade dos mesmos.
Talvez muitas pessoas não percebam que saudade e amor são dois sentimentos que ao longo do tempo acabem se completando e fazendo que aprendamos a dar valor aos pequenos momentos da vida. Afinal nunca poderemos repetir exatamente da mesma aquilo que aconteceu a um milésimo de segundo e imagine se conseguiríamos repetir algo que passou a dias, meses e até mesmo anos.
A saudade é um sentimento que muitas vezes é visto como algo ruim, admito que também já pensei assim. Porém esse pensamento de certa forma é completamente equivocado, afinal de contas se sentimos saudade de algo ou de alguém é por que já foi especial em alguns momentos de nossas vidas. E talvez não seja mais por causa da distância ou simplesmente por aquilo fez parte somente do nosso passado.
Não se deve pensar que por que você sente saudade aquela coisa ou aquela pessoa deve ficar no passado. Muito pelo contrario se deve lutar para que aquele acontecimento se repita de forma melhor e mais intensa e que aquela pessoa fique perto de você novamente, para que você possa dar aquele abraço apertado e dizer: Poxa tava morrendo de saudades!


4 comentários:

  1. #Emocionei com o texto.
    Amei o blog, seguindo aqui.
    tea-withcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo! Suadade é assim mesmo! Doíii né?
    http://www.momentosassim.com/

    ResponderExcluir
  3. ó se doí Ellen. Obrigada pelo elogio!

    ResponderExcluir

© Luciana Algarves-Blog - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Luciana Algarves.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo